Breaking News
Home / Tarot / As Cartas do Tarot

As Cartas do Tarot

O Tarot compõe-se de 78 cartas ou melhor, lâminas – era assim o nome por que eram chamadas as folhas deste livro sagrado. Estas 78 cartas dividem-se em 22 Arcanos Maiores e 56 Arcanos Menores – estes estão na origem das habituais e modernas cartas de jogar.

Os Arcanos Maiores são 22 – correspondem às 22 letras do alfabeto e, igualmente, às 22 letras do alfabeto hebraico. E é deles que vamos falar.

Números

Composição numérica do nº 22:

22 = 3+7+12

3 – número da trindade, da criação: Deus criou o mundo, ou seja, em qualquer religião temos sempre a Criação divina apresentada através de uma Trindade:

(Espírito, Consciência, Matéria)
(Pai, Filho, Mãe)
(Pai, Filho e Espírito Santo)
(Osíris, Hórus, Ísis)
(Shiva, Vishnu, Brama)
(Kether, Chokmah, Binah)

7 – número da vibração, da manifestação, tudo se manifesta em ciclos de 7 (septenário), num movimento em espiral: os 7 dias da semana, as 7 cores do arco-íris, as 7 notas musicais, as 7 portas de Tebas, cada período lunar se 7 dias, etc. O sete designa a totalidade das ordens planetárias e angélicas, a totalidade das moradas celestes, a totalidade da ordem moral, a totalidade das energias (os Sete Raios) e , principalmente, a totalidade na ordem espiritual. Entre os Egípcios era símbolo de Vida Eterna.. Simboliza um ciclo completo, uma perfeição dinâmica. O sete indica o sentido de uma mudança depois de um ciclo concluído e de uma renovação positiva. A totalidade do espaço e a totalidade do tempo. Associa o número quatro que simboliza a Terra (ou a matéria) (com os seus quatro pontos cardeais e os quatro elementos: Fogo, Terra, Água e Ar) e o número três que simboliza o Céu; o sete representa a totalidade do Universo em movimento. Os 22 Arcanos Maiores narram, assim, simbolicamente o percurso do homem em três ciclos de sete cartas (3 x 7 = 21), correspondendo o Arcano “O Louco” ao número zero e ao número 22, que inicia e fecha o caminho (Alfa e Omega).

12 – é um número ligado às leis do espaço e do tempo e ao homem na sua completude, os doze signos do Zodíaco, os 12 meses em que se divide um ano, os doze Apóstolos de Cristo, etc.

22 – é um número mágico, tem a ver com o ciclo das manchas solares que se repetem de 22 em 22 anos. É o número de letras que compõem o alfabeto hebraico.

Em Numerologia, os números 11, 22, 33 são números mestres (mágicos) e que, portanto, nunca devem ser reduzidos, embora haja sempre um lado sombra do n.º 2 por detrás de um 11, um lado sombra de um 4 por detrás de um 22, etc.

O Tarot é um sistema cosmogónico, reflecte, através da simbologia dos seus Arcanos, a Vida do Cosmos. Todo o trabalho com os Arcanos é um trabalho de transformação, não somos passivos, é uma viagem. É o percurso, com as diversas etapas do desenvolvimento, do crescer humano. Todas as situações da vida humana, quer sejam de caracter psicológico, prático, material ou espiritual estão representadas nestes 22 Arcanos.

Septenários

Por isso, esta “viagem” feita através destes 22 Arcanos pode ser dividida em 3 septenários (3 x 7 = 21):

1º Septenário

Compreende os 7 primeiros Arcanos, do 1 (Mago) ao 7 (Carro) e simboliza a primeira etapa da vida em que o Eu constrói a sua identidade, a afirmação do Ego ou da Personalidade – a Alma constrói o seu exterior (corpo).

2º Septenário

Vai do Arcano 8 (Força) ao 14 (Temperança) e simboliza o caminho que cada um de nós faz em busca de um sentido maior para a existência, tem a ver com processos de interiorização, de “mergulhos” a nível interno, de desenvolvimento da sensibilidade interna para encontrar o equilíbrio com aquilo que é o nosso Eu Superior (Alma). Quando a Personalidade está já em consonância com a Alma e a cumprir, portanto, o projecto que esta tem para si, (o que só pode acontecer quando há um verdadeiro processo de interiorização e de “morte” do desejo) chama-se “Personalidade integrada”. Este estádio está, de facto, representado na Temperança – harmonia entre o exterior e o interior.

3º Septenário

Vai do Arcano 15 (Diabo) ao 21 (Mundo) representa a síntese dos anteriores septenários, é a manifestação concreta, ou seja, a acção resultante do encontro entre a Alma e a Personalidade, a dinâmica entre duas polaridades: essência e existência, Ser e Ter, bem como o movimento daí resultante que é representado pelo Mundo (dança cósmica, globalidade, totalidade, transcendência…).

O Louco é o Arcano zero, no início deste processo, o Eu ainda imanifestado, o Alfa, e é também o Arcano 22, no fim do processo, o Ómega, representando a imersão no Todo, o retorno ao estado inicial, a diluição, ou ainda o “retorno à casa do Pai”, para novamente voltar a manifestar-se…

Check Also

O que é o Tarot?

O TAROT é um sistema cosmogónico que dá respostas intuitivas através de processos extrassensoriais – …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *